Saúde e Bem estar

Prepare-se para acolher as boas energias do ano que vai chegar

Terapeuta Holística diz que as plantas que achamos em nossa região podem ajudar a mudar as vibrações no final do ano

Rara Gente - Daniela Galli
26/11/21 às 09h44
A flor do cipó de São João traz dinheiro e nos livra das injustiças

Independente da crença de qualquer um, todo mundo quer renovas as esperanças nesta época do ano e sempre temos fé de que o próximo ciclo vai ser melhor. Por isso é preciso cuidar muito bem não só das energias que absorvemos, mas também daquelas que transmitimos para as pessoas. 

Segundo a Terapeuta Holística Gabriela Corrêa, mesmo que ainda falte mais de 30 dias para a chegada de 2022, a harmonização pode ser feita desde já com ervas que muitas vezes achamos no quintal de casa. “Elas trazem benefícios para a saúde e têm poderes energéticos”. 

Ela diz que o final do ano já traz consigo a energia do fim de ciclos, é hora de se desfazer do velho e iniciar algo novo. “Antes de dezembro acabar é muito bom fazer um banho de limpeza com arruda, guiné ou manjericão, por exemplo.”

Para o começo do ano, a meta é trazer as energias que a gente espera. “Quem quiser alegria pode recorrer ao alecrim; para atrair paz e harmonia pode ser lavanda; o amor pode vir com rosas vermelhas e o louro deve fazer o dinheiro chegar”.

Gabriela lembra ainda que o ritual de colocar uma folha de louro ou sementes de romã é proveniente de religiões de matriz africana e que há muito conhecimento ancestral envolvido. A sugestão dela é trocar as romãs por flor de cipó de São João. “São fáceis de encontrar em nossa região principalmente nas estradas e nas áreas rurais e, além de ter a energia do dinheiro, nos livra das injustiças. Foi a minha mãe quem me ensinou a coloca-los na parte das moedas na carteira”. Você pode ainda costurar um saquinho pequeno e colocar as plantas dentro, à exemplo do que é feito com as sementes de romã. 

 

Gabriela recomenda abraçar somente pessoas queridas na hora da virada

OS BANHOS

A Terapeuta explica que, para fazer um banho com alecrim, os ramos da planta não podem entrar em contato com água enquanto ela estiver fervendo.  “Os antigos diziam que se isso acontecer, o pé da planta morre. Eu nunca quis pagar para ver”. Se você também não quer se arriscar, ferva a água, desligue o fogo, coloque os galhos de alecrim e abafe, como se fosse fazer um chá. Quando estiver morno tome um banho do pescoço para baixo. 

Já a preparação do banho de rosas começa no momento em que você vai separas as pétalas. “Faça isso com amor”. A infusão é feita em água fria. “Depois de um tempo, passe a água pelo corpo, tenha pensamentos positivos e deseje sempre coisas boas”.

Gabriela diz que não é recomendado o uso de sal grosso nos banhos por que ele não tem energia e “rouba” a nossa. “Ele faz uma limpeza profunda e  forte mas ele não seleciona o que vai limpar, por isso leva até o que é bom.

Quando eu recomendo banho de sal grosso, sempre falo para tomar um banho de açúcar, para que seja feita uma limpeza energética poderosa.”

NA HORA DA VIRADA

Para a terapeuta, o momento que o ano começa é muito mais uma questão interna do que externa. Por isso, depois de todas estas estratégias, ou no dia, ou até dias antes da hora da virada, é um momento em que a consciência coletiva está vibrando muita positividade.

“Se ame, se deseje coisas boas, mentalize essa energia positiva de gratidão, amor, renovação. Isso é muito mais eficiente do que fazer qualquer coisa como pular sete ondas, por exemplo”.

Outra dica bem valiosa é: não abrace uma pessoa que você não gosta ou que você sabe que não gosta de você. “A virada é um momento energético e no abraço há uma troca muito intensa.”

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
ÚLTIMAS EM SAÚDE E BEM ESTAR
RARA Gente - A mais tradicional revista de Três Lagoas
Editor responsável:
Ivete Binda Mendonça
agitta@agitta.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.