Saúde e Bem estar

HEPATITE MISTERIOSA: 28 casos suspeitos são monitorados no Brasil

As crianças são as mais atingidas pela doença

Rara Gente - Daniela Galli
12/05/22 às 09h39

O aumento nos casos de hepatite aguda infantil fez o Ministério da Saúde ficar em alerta nos últimos dias.

Até o momento são 28 casos suspeitos em sete estados brasileiros: dois no Espírito Santo, quatro em Minas Gerais, três no Paraná, dois em Pernambuco, sete no Rio de Janeiro, dois em Santa Catarina e oito em São Paulo.

Por enquanto nenhum caso foi confirmado no Mato Grosso do Sul. Até o momento ainda não se sabe a origem da doença.

Os profissionais de saúde já foram orientados para notificar as autoridades sanitárias em caso de suspeita de hepatite. O surto tem acometido crianças de, pelo menos, 20 países em todo o mundo. O que se sabe é que a manifestação dos sintomas tem sido bastante severa e não há relação direta com os vírus conhecidos da doença até então.

Em aproximadamente 10% dos casos foi necessário recorrer a um transplante de fígado. A idade das crianças acometidas vai de um mês até 16 anos. Uma criança já morreu. A OMS – Organização Mundial de Saúde – já descartou a relação entre a doença e as vacinas contra a covid-19.

SINTOMAS

Os primeiros sintomas registrados são desarranjos gastrointestinais – dor abdominal, diarreia, vômitos e icterícia. O tratamento atual alivia os sintomas e busca estabilizar os pacientes mais graves. Se alguma criança apresentar todo esse conjunto de sintomas é preciso procurar atendimento médico imediatamente.

 

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
ÚLTIMAS EM SAÚDE E BEM ESTAR
RARA Gente - A mais tradicional revista de Três Lagoas
Editor responsável:
Ivete Binda Mendonça
agitta@agitta.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.