Saúde e Bem estar

3 cuidados que você deve ter se sofre com queda de cabelo

Com algumas adaptações no dia a dia dá para minizar a perda de fios

Bruna Taiski
23/06/20 às 13h50
Getty Images

Você tem ideia de quanto cabelo perde por dia? Não se assuste: em 24 horas, é normal caírem da cabeça de 100 a 150 fios. Mais do que isso, pode ser que alguma coisa esteja errada – com seu corpo ou seus hábitos. Estilo de vida estressante, dieta sem carne e fluxo menstrual intenso têm poder de acelerar esse processo. 

Mas nem tudo está perdido! Algumas práticas podem facilitar a vida de quem sofre com a queda capilar. É o seu caso? Então veja os cuidados para se livrar dessa chateação.

1. Mantenha seus exames em dia
Anemia, distúrbios da tireoide e tendência genética são alguns dos fatores que contribuem para que o cabelo caia além da conta. O primeiro passo é fazer exame de sangue. Quem não come carne, por exemplo, pode estar no grupo de risco devido à deficiência de vitamina B12, recomenda os especialistas. Se a causa do problema é o stress, também é necessária uma autoavaliação.

Há ainda possibilidade de quebra dos fios devido a encrencas no próprio couro cabeludo. É o que acontece com danos provocados por tinturas e alisamentos, além de uso intenso de secador, modelador e chapinha.

2. Rotina preventiva
No dia a dia, procure reduzir a frequência e o nível de exposição do cabelo ao calor e às químicas (leia-se: tinturas, alisamentos e afins). Cremes formulados com filtro UV são indicados para amenizar danos; já visitar regularmente o dermatologista ou o tricologista garante o efeito de tratamentos que podem ser prescritos apenas por profissionais. Fique de olho também na dieta, que deve ser rica em proteínas magras, carboidratos complexos, gorduras boas, vitaminas e minerais. Sabia que o abacate, por exemplo, é rico em ômega-3, antioxidantes, ácido fólico e vitaminas B e E, importantes para manter o cabelo forte e prevenir eventual queda? Aposte nesta fruta deliciosa.

3. Atenção com a tintura
Se você pinta o cabelo e notou que ele está ficando mais ralo, cuidado. Nesse caso, o fio quebra ao invés de soltar do couro cabeludo, e a tintura pode ser mais um agravante. O resultado? A cutícula protetora é danificada e as mechas ficam opacas e quebradiças. Uma boa solução é buscar tintas sem amônia ou, na fase crônica, algum tonalizante.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
ÚLTIMAS EM SAÚDE E BEM ESTAR
RARA Gente - A mais tradicional revista de Três Lagoas
Editor responsável:
Ivete Binda Mendonça
agitta@agitta.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.