Lifestyle

Mais que estética, a realização de um sonho

Um novo ano costuma ser acompanhado por novas metas, planos, objetivos, ao pensar no planejamento, milhares de pessoas compreendem a necessidade de melhorar a autoestima

Rara Gente - Thais Dias
10/06/22 às 08h00

Acordar, tomar um banho e sentir-se feliz com seu corpo vai muito além dos padrões de beleza, afinal nos dias atuais somos nós que ditamos as regras. O amor próprio começa quando essa liberdade de ser apaixonado por si é a única coisa que importa.

Quando essa autoestima fica abalada toda nossa confiança vai embora e, a falta dela, pode nos afetar em diversos âmbitos. 

A cirurgia plástica é uma poderosa aliada para quem sonha com essa transformação. O aumento de pacientes e relatos transformadores no consultório do cirurgião plástico Bruno Nunes prova que as cirurgias estão intimamente conectadas com a saúde e o bem-estar dos pacientes.

Isso acontece porque as cirurgias plásticas reparadoras e estéticas potencializam, após a realização dos procedimentos, o resgate da autoestima, do autocuidado e da autoconfiança.

Pacientes que não tinham coragem de colocar um biquíni, usar um decote ou até mesmo ir à academia por vergonha de vestir uma roupa mais justa, se veem encorajadas a voltar à rotina saudável e ser feliz em frente ao espelho após a melhora do contorno corporal.

Com isso, nos últimos anos, Nunes presenciou mudanças significativas na rotina e na vida social de suas pacientes, como é o caso da influenciadora digital, Gabriela Oliveira, conhecida na web por sua página ‘Blog da Gabi’. 

 

A paciente passou por uma experiência nem um pouco agradável depois que o resultado de sua primeira cirurgia plástica não deu muito certo.  “Em 2020 coloquei minha primeira prótese de silicone com um outro profissional. Ele me cobrou muito caro e deu errado, meus seios caíram, fiquei com uma cicatriz horrorosa e consequentemente fiquei em depressão por um ano”.

Após o erro Gabi procurou o consultório de Nunes e em 2021 realizou seu sonho: retirou a cicatriz que tanto a incomodava, trocou as próteses e ainda fez uma lipoaspiração. 

A blogueira conta que no final do ano passado viu sua vida mudar. Ela passou pela cirurgia e o pós-operatório foi muito diferente do primeiro. “Não tive dor em nenhum dia. Eu tinha separado 40 dias na minha agenda, pois achei que ficaria bastante tempo em casa mas depois de duas semanas fui liberada para dirigir e trabalhar.  

Gabi seguiu rigorosamente o que Nunes recomendou: tomar três litros de água por dia, caminhada de 10 minutos, exercícios só depois de um mês. “Se eu fosse pela ideia de outras pessoas eu não teria feito nem o silicone e nem a lipo, porque as pessoas falavam ‘Ah você vai definhar, vai doer muito’, mas eu acho que vai de corpo para corpo porque eu não senti nada”. 

A clareza nas informações e a gentileza nos primeiros atendimentos, são pontos fortes do cirurgião plástico que ela escolheu. “Eu recomendo muito o doutor Bruno e eu queria que todas as mulheres tivessem oportunidade de conhece-lo”.

Nunes afirma que o sucesso de uma cirurgia plástica vai contar com três fatores: o cirurgião, a paciente e a cicatrização “O cirurgião deve fazer muito bem a parte dele e a paciente deve seguir todas as orientações do pós operatório e o terceiro elemento para que tudo saia perfeito é a cicatrização que não irá depender nem do cirurgião e nem da paciente, mas sim da genética, devemos fazer o melhor naquilo que é de nossa competência” 

Nunes reforçou sobre os cuidados no pós operatório pois algumas cirurgias precisam de repouso para que não ocorra nenhuma inflamação, outras requerem um certo cuidado com o peso e drenagem linfática. “Para cada paciente pensamos em um pós operatório adequado, alguns casos mais leves temos menos repouso, já em casos que há mais modificações temos que seguir todos os cuidados por até três meses”. 

 

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
ÚLTIMAS EM LIFESTYLE
RARA Gente - A mais tradicional revista de Três Lagoas
Editor responsável:
Ivete Binda Mendonça
agitta@agitta.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.