Lifestyle

Filmes para você ver nesta sexta-feira 13 e morrer de medo

Veja os trailers e escolha aquele que vai te deixar acordado a noite toda

Rara Gente - Da redação
13/05/22 às 09h53

Hoje é um dia carregado de superstição. Há quem ame e quem odeie o número 13 e isso tem a ver com muitas lendas que existem há muito tempo e envolvem a data. O ex-técnico da seleção brasileira de futebol, Zagallo, está no time do que adoram o número 13.

Foi no dia 13 de dezembro de 1968, uma sexta-feira, foi o dia em que o governo militar do Brasil decretou o AI-5. Jesus Cristo foi crucificado também em uma sexta. Na tradição judaica, o grande dilúvio aconteceu no mesmo dia da semana.

Para quem acredita nisso e vai ‘comemorar’ a data, nós listamos cinco filmes de terror que prometem manter você bem acordado a noite toda. É só providenciar a pipoca e aproveitar. Todos eles estão disponíveis na Netflix.

A bruxa

Em uma fazenda no século XVII, uma histeria religiosa toma conta de uma família que acusa a filha mais velha pelo desaparecimento do seu irmão ainda bebê. Os desdobramentos podem ser surpreendentes.

A visita

Dois irmãos vão visitar os avós em uma casa na Pensilvânia. O que parecia uma visita normal muda drasticamente quando as crianças descobrem que o casal de idosos está envolvido em algo profundamente perturbador e veem as suas chances de voltarem para casa a diminuírem.

Um Lugar Silencioso

Em uma fazenda num Estados Unidos pós-apocalíptico, uma família é perseguida por uma entidade fantasmagórica assustadora. Para se protegerem, eles devem permanecer em silêncio absoluto, porque o perigo é ativado pela percepção do som.

O Exorcismo de Emily Rose

A jovem Emily Rose começa a alucinar e ter surtos cada vez mais frequentes, que causam perda de memória. Católica praticante, ela aceita ser submetida a uma sessão de exorcismo.

Quem realiza as sessões é o sacerdote de sua paróquia, o padre Richard Moore. Entretanto, as coisas fogem do controle e Emily morre durante o exorcismo, o que faz com que o padre seja acusado de assassinato.

Uma advogada, Erin Bruner, aceita defender o padre e argumenta que a condição de Emily não pode ser explicada somente pela ciência.

A Maldição de Chucky

Depois do suicídio de sua mãe, Nica recebe a visita de sua irmã Barb, que pretende ajudar nos arranjos do funeral.

Sua filha traz um boneco que chegou curiosamente pelos correios. Quando uma série de assassinatos aterrorizam a vizinhança, Nica começa a suspeitar que o brinquedo tenha alguma relação com estes fatos, mas não sabe que Chucky está de volta para resolver casos pessoais de mais de vinte anos atrás.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
ÚLTIMAS EM LIFESTYLE
RARA Gente - A mais tradicional revista de Três Lagoas
Editor responsável:
Ivete Binda Mendonça
agitta@agitta.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.