RARA Gente - Lifestyle

Como organizar as compras de mercado em tempos de quarentena

Elabore um plano e faça suas compras com sensatez!


Bruna Taiski em 25 de março de 2020 - 08h50

Com o número de casos de coronavírus aumentando diariamente, a orientação de ficar em casa e sair apenas quando necessário segue mais válida do que nunca. Mas para enfrentar os, no mínimo, 15 dias recomendados de quarentena, é fundamental garantir que terá em casa tudo de que precisará durante o período.


Como grande parte desse planejamento diz respeito às compras de supermercado, a Gente dá dicas de como organizar a feira sem comprar muito ou pouco.


Nada de excessos

Antes de tudo, dê uma olhada nos armários e na despensa para fazer um inventário do que já tem em casa. Não corra para o supermercado e comece a colocar caixas e mais caixas no carrinho. Outras pessoas também precisam comprar. Lembre-se de ter solidariedade. Uma vez feito o balanço, aí sim vá às compras para adquirir os produtos que estão faltando e que poderão ser consumidos durante a quarentena. Mas priorize consumir o que já tem em casa primeiro, especialmente o que estiver com a validade perto de expirar.


Atenção à durabilidade

Organize um cardápio com ingredientes não perecíveis como arroz, feijão, macarrão, grão de bico e quinoa, entre outros, que podem ser aprimorados com proteínas e vegetais. Também é possível incorporar facilmente produtos lácteos, uma vez que, com exceção do leite fresco, laticínios como queijo e iogurte costumam ter uma data de validade maior que duas semanas.


E se o problema for espaço no freezer ou congelador, a dica é remover os alimentos de suas embalagens originais e armazená-los por porções do tamanho das refeições em sacos com zíper. Só não se esqueça de rotulá-los com os nomes dos alimentos e suas respectivas datas de validade.


Simplicidade sem desperdício


Manter refeições simples e sem estresse durante a quarentena é muito importante. Uma das chaves para evitar a escassez é controlar o desperdício. Por isso vale a pena adquirir alimentos que podem ser completamente aproveitados. Cascas, sementes, folhas e talos não precisam ser jogados no lixo, como a maioria das pessoas faz. Ricos em vitaminas e fibras, eles podem ter mais nutrientes que a própria fruta, verdura ou legume.


LEIA TAMBÉM
BANCA DIGITAL

RARA 91  -  Dezembro de 2019
RARA 90  -  Outubro de 2019
RARA 89  -  Agosto de 2019

Todos os direitos reservados. Grupo AGITTA de Comunicações.