Gastronomia

Cervejas funcionais: Opções sem glúten, sem álcool, low carb...

Para curtir o carnaval em casa sem pensar nos prejuízos da cervejinha. 

Bruna Taiski
06/08/21 às 08h28

A cerveja é, atualmente, a bebida alcoólica mais consumida de todo o mundo. Por incrível que pareça, ela ultrapassou em volume até o vinho, e seus diferentes estilos e sabores são apreciados em todo o planeta. Por isso, nada mais natural do que a criação do Dia Internacional da Cerveja.

A celebração dessa bebida vai muito além de um dia especial para degustá-la, já que não há a necessidade de apresentar desculpas para tal feito. Essa comemoração carrega muito contexto, já que a cerveja tem uma grande importância histórica, cultural e faz parte da construção da identidade de muitas sociedades. Veja a seguir opções leves, para quem ama a bebida, mas está maneirando na dieta...

1 – Heineken 0.0 (sem álcool)

É composta por ingredientes naturais (água, malte, lúpulo e aroma natural de malte) e pela levedura A. Puro malte, o lançamento não tem adição de outros cereais além da cevada, e conta com apenas 69 calorias por garrafinha (330ml).

O sabor é parecido com o da versão original alcoólica, já que, geralmente, costumamos perceber bastante diferença no gosto de diversos produtos que ganham versão zero. Um pouco mais leve e suave, ela é perfeita para quem não abre mão de uma cervejinha, mas quer diminuir o consumo de álcool.

2 – Alma Cevada, Cervejaria Brüder (low carb)

Zero açúcar, baixa caloria (cerca de 64 em um copo de 200ml) e low carb. De acordo com a empresa, a chave para a receita está numa técnica que por muito tempo foi vinculada a cervejas belgas e, recentemente, a norte-americanas conhecidas como Brüt IPA: o uso de enzimas capazes de quebrar as cadeias mais complexas de açúcar oriundas do malte, a única fonte de açúcar da Alma Cevada.

3 – Baixa Gastronomia, Cervejaria Brüder (zero carb)

Também zero carb e zero açúcar, foi desenvolvida juntamente com uma personalidade de Minas Gerais (onde está localizada a cervejaria) especialista em descobrir botecos no estado. “É uma Pilsen bem levinha, ótima para consumir com petiscos sem pesar o estômago. Faz lembrar aquele bar tradicional que a gente ama e está sentindo falta. 4,8% de teor alcóolico e 64 calorias a cada 200ml.

4 – Cerveja sem glúten, Cervejaria Farrapos

A primeira cervejaria do Brasil a produzir uma cerveja sem glúten, hoje eles apostam em três produtos nessa linha: uma Pilsen, uma Malzbier e a APA. “A demanda hoje é grande, não só entre os Celíacos, mas entre as pessoas que não abrem mão da sua cerveja, porém tem um cuidado com a sua alimentação”, conta Nélio Souza dos Santos, gerente comercial da marca.

5 – Golden Ale Sem Álcool, Cervejaria Dádiva

Ideal para quem ama cervejas artesanais. Possui coloração clara dourada e destaca em primeiro plano os aromas e sabores provenientes do malte e, apesar de timidamente, os traços do lúpulo. Refrescante, ela é uma bebida extremamente fácil de beber e de agradar. A temperatura de serviço ideal fica entre 4 e 6°C.

6 – IPA Glúten Free, Cervejaria Dádiva (sem glúten)

A receita base da IPA Gluten Free é a mesma da tradicional. A diferença é que ela recebe um componente especial: uma enzima capaz de decompor as proteínas do glúten e tornar o consumo da bebida apropriado para celíacos ou adeptos de dietas especiais. E o melhor, mantendo as mesmas características sensoriais do produto original. 6% de teor alcoólico. Tanto ela quando a Golden Ale Sem Álcool são veganas e certificadas pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

7 – Estrella Galicia 0.0 (sem álcool)

A marca já possuía a versão sem álcool há algum tempo. Mas agora eles lançaram mais dois produtos da mesma linha: a Tostada, que utiliza uma mistura de seis tipos de maltes com diferentes graus de tostagem e lúpulo das variedades Nugget, Perle e Sladek; e a Black, uma cerveja preta de cor escura, com reflexos de cobre e aromas de maltes torrados lembram cacau e caramelo, com notas sutis de madeira e café.

8 – Pilsen Low Carb, Cervejaria NOI

Com apenas 28 calorias a cada 100 ml e 4% de teor alcoólico, a proposta com a Low Carb é entregar uma pilsen artesanal leve e com alta “drinkability”, para ser consumida em ambientes festivos, na praia e até após a atividade física. O rótulo é o primeiro da marca em lata e sai na versão de 355 ml.

“A Noi Low Carb é composta apenas por água, malte de cevada, lúpulo e levedura, tendo como um de seus principais diferenciais as técnicas de processamento dos carboidratos, visando a sua redução sem a utilização de nenhum aditivo químico. As 28 calorias e os 0,62 carboidratos (por 100 ml) são provenientes apenas do álcool da cerveja e não dos carboidratos. Nós economizamos na caloria para você gastar como quiser”, destaca Guilherme Zanin, mestre cervejeiro da NOI.

09 – Praya (vegana)

A Praya é uma Cerveja Artesanal Witbier, 100% natural, vegana e sem aditivos químicos. “Queremos estar em todos os lugares e ser orgulho nacional, a cerveja local do Brasil. Prezamos por ingredientes de qualidade e temos a preocupação de minimizar o impacto ambiental da nossa produção. Buscamos despertar a consciência ecológica em nossa equipe, clientes e público”, diz o comunicado à imprensa deles. A marca também adere a importantes movimentos sociais.

10 – Stella Artois Sem Glúten

Não existe diferença nutricional e de calorias entre a versão tradicional e a novidade, que foi lançada em julho do ano passado. Cada porção de 330ml, o equivalente a garrafinha long neck, possui 134kcal.

“Para chegar na versão sem glúten, aplicamos uma tecnologia no processo de produção, preservando o sabor e todas as características da versão original, de modo que a bebida seja considerada um produto sem glúten de acordo com legislação brasileira”, conta Alexandre Levy, mestre cervejeiro e um dos responsáveis pela inovação.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
ÚLTIMAS EM GASTRONOMIA
RARA Gente - A mais tradicional revista de Três Lagoas
Editor responsável:
Ivete Binda Mendonça
agitta@agitta.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.