CFC Skina

Equipe do CFC Skina aborda formas para perder o medo de dirigir. Confira!

Na grande maioria das vezes o medo de dirigir está relacionado a ansiedade, que quando em excesso tende a prejudicar o nosso dia a dia e algumas tarefas simples.

Julia Rafaela - Hojemais Três Lagoas
05/10/20 às 14h26

Se você é uma pessoa que tem calafrios só de pensar em pegar no volante, não se preocupe, afinal esse é um problema comum, no entanto, existe solução para isso, ou seja, você não precisa conviver com essa insegurança. Na grande maioria das vezes o medo de dirigir está relacionado a ansiedade, que quando em excesso tende a prejudicar o nosso dia a dia e algumas tarefas simples, isso porque a condição funciona como um estímulo, um alerta e em outro casos a ansiedade ainda causa sofrimento, sendo reconhecida por alguns sinais, bem como tremores, falta de ar, tensão muscular, insônia e irritação.

Quais os motivos que levam uma pessoa a ter medo de dirigir?

Essa insegurança muitas vezes é ocasionada por um estímulo exterior e está associada a sentimento de raiva ou vergonha, por exemplo. Traumas passados e o trânsito agitado podem também ser apontados, além é claro da insegurança gerada por uma má formação na hora de tirar a CNH.

Diante desse cenário, hoje a equipe do CFC Skina vai dar algumas dicas para você perder de uma vez por todas o medo de dirigir. Confira! 

Consulte um psicólogo

O tratamento com um profissional qualificado na área da saúde mental é de extrema importância, sendo essa uma forma de você aprender a controlar o seu lado emocional para então voltar a treinar a direção. 

Pratique

Aqui o ideal é ir com calma e sem ultrapassar seus limites. Comece tirando e colocando o carro da garagem e você pode repetir esse processo até se sentir seguro. Depois dê uma volta no quarteirão e conforme o medo e o nervosismo forem passando você deve aumentar o seu trajeto. Estimular metas também é uma boa, ou seja, escolha dez destinos a serem completados e vá tentando alcançá-los na ordem dos mais fáceis aos mais difíceis.

Mantenha a calma

Lembre-se: você ainda está em um processo de adaptação, sendo procure percorrer ruas menos movimentadas, no entanto, na sua imaginação pense que a via está agitada e faça exercícios de troca de marcha, ultrapassagem, aceleração e desaceleração.

Lembre-se sempre: o enfrentamento é a base para perder o medo de dirigir e não sofra por antecipação pensando no que pode acontece r.

Faça outro curso de direção

Se você ainda não se sente seguro em relação sua habilidade de dirigir, procure um centro de formação de condutores que seja de sua confiança para ter mais algumas aulas extras supervisionadas por um profissional qualificado e que estará ali para lhe auxiliar. Relembrar conteúdo, aprender novas regras nunca é demais. Além disso essas aulas extras devem ser vistas como investimento, que irá te habilitar para seguir em frente.

No CFC Skina por exemplo, você encontra uma equipe altamente qualificada, pronta para lhe ouvir e entender as suas necessidades. Para falar com a equipe do CFC clique no botão abaixo! 

Quer ter acesso a outros conteúdos exclusivos? - Então aproveite e siga o CFC Skina por meio das redes sociais.

Além do processo comum para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação – aulas, prova teórica, aprovação, aulas práticas, prova prática e aprovação final – o CFC Skina ainda oferece cursos de especialização para condutores.

Além do acréscimo de categoria, tem as especializações. Para um motorista de ônibus, por exemplo, são necessárias alguns cursos, como o de Transporte Coletivo, que capacita o condutor para transportar passageiros com segurança, de acordo com o CONTRAN – Conselho Nacional de Trânsito. O curso possui a carga horária de 50 horas e é um pré-requisito para a contratação do motorista por empresas de transporte rodoviário.

 MAIS DE CFC SKINA
VEJA TODAS DE CFC SKINA
RARA Gente - A mais tradicional revista de Três Lagoas
Editor responsável:
Ivete Binda Mendonça
agitta@agitta.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.