Lifestyle

Outubro: Mês de cuidado e prevenção

Cuida da pessoa mais importante da sua vida, você!

Thais Dias  - Rara Gente
15/10/21 às 14h49

O mês de Outubro já é conhecido mundialmente como um mês marcado por ações afirmativas relacionadas à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. O movimento, conhecido como Outubro Rosa, é celebrado anualmente desde os anos 90. O objetivo da campanha é compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, câncer do colo do útero, promovendo a conscientização sobre as doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade.

O câncer de mama é o tipo mais frequente na mulher brasileira. Nesta doença, ocorre um desenvolvimento anormal das células da mama, que se multiplicam repetidamente até formarem um tumor maligno.

O sintoma do câncer de mama mais fácil de ser percebido pela mulher é um caroço no seio, acompanhado ou não de dor. A pele da mama pode ficar parecida com uma casca de laranja; também podem aparecer pequenos caroços embaixo do braço. Deve-se lembrar que nem todo caroço é um câncer de mama, por isso é importante consultar um profissional de saúde. Toda mulher com 40 anos ou mais de idade deve procurar um ambulatório, centro ou posto de saúde para realizar o exame clínico das mamas anualmente, além disso, toda mulher, entre 50 e 69 anos deve fazer pelo menos uma mamografia a cada dois anos. O serviço de saúde deve ser procurado mesmo que não tenha sintomas.

Segundo a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Janda Penha, devido a pandemia a realização dos exames de rotina neste período diminuiu significativamente. O novo coronavírus afastou as pessoas dos cuidados de prevenção tanto do câncer, como de outras doenças, podendo trazer graves consequências. Com a mamografia a detecção precoce de câncer de mama aumenta em mais de 80% a resposta positiva ao tratamento e também as chances de cura.

"Este ano, a campanha do Outubro Rosa além de informações sobre o câncer de mama faz também um alerta, um chamamento às mulheres para que voltem a se cuidar"

“Este ano, a campanha do Outubro Rosa além de informações sobre o câncer de mama faz também um alerta, um chamamento às mulheres para que voltem a se cuidar, a fazerem os exames de rotina, incentivando o cuidado preventivo e curativo. Os exames não previnem o aparecimento do câncer, mas são capazes de identificar um tumor em fase inicial e reduzir preventivamente/significativamente as chances de complicações e morte por essa doença tão horrorosa”. 

O Instituto Nacional do Câncer recomenda que a mamografia seja realizada a partir dos 40 anos. Lembrando que esse exame também é direcionado a mulheres que não apresentam um histórico familiar da doença. Embora a faixa etária escolhida seja de mulheres entre 40 e 69 anos de idade, temos muitos casos de câncer de mama em mulheres com idade menor de 40 anos. 

“Não poderia deixar de citar o câncer de mama em homens que é quase 100 vezes menos frequente que em mulheres. Mas existe, e a chance de cura pode estar na detecção e diagnóstico precoce. Portanto,é muito importante se cuidar e estar atento aos sinais que possam acontecer e também realizar os exames médicos de rotina.    

Que o Outubro Rosa traga além de informações, conscientização às pessoas sobre sua saúde, seu corpo, sua vida”, concluiu Janda. 

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
ÚLTIMAS EM LIFESTYLE
RARA Gente - A mais tradicional revista de Três Lagoas
Editor responsável:
Ivete Binda Mendonça
agitta@agitta.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.